Terça, 16 de Abril de 2024
Política Política

Renan Bolsonaro vira réu por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

O filho do ex-presidente foi alvo da Operação Nexum, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por participar de uma associação criminosa

28/03/2024 09h47
Por: Redação
Renan Bolsonaro vira réu por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

O filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Jair Renan Bolsonaro, virou réu por falsidade ideológica, uso de documento falso e lavagem de dinheiro, após a Justiça do Distrito Federal acatar a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

O filho do ex-presidente foi alvo da Operação Nexum, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por participar de uma associação criminosa que tinha como objetivo obter vantagens econômicas indevidamente. A advogado de defesa informou que não iria comentar o caso pois o caso está em sigilo.

Segundo a investigação da Polícia Civil, o grupo tinha como estratégia para obter vantagem econômica indevida a inserção de um terceiro, conhecido como testa de ferro ou laranja, para ocultar o verdadeiro dono de empresas de fachada ou fantasmas.

A associação teria criado, por exemplo, a pessoa Antonio Amancio Alves Mandarrari, cuja identidade falsa era utilizada para abertura de conta bancária e para se passar como proprietário de pessoas jurídicas como laranja. Os policiais descobriram ainda que os investigados teriam forjado relações de faturamento e outros documentos das empresas alvos da Operação Nexum.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.