Segunda, 20 de Setembro de 2021
71 99208-9314
Bahia Violência

Advogado diz que patroa que agrediu babá no Imbuí tem transtorno psicológico

Ele disse ainda que Melina não se trata e que agressões são resultado de "proteção materna".

06/09/2021 09h03
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Advogado de Melina Tavares, patroa que agredia a babá do filho, no Imbuí, em Salvador, Marcelo Cunha afirmou que a cliente tem Borderline - um transtorno psicológico cujas características incluem agressividade e mudanças bruscas de humor. Marcelo disse, em entevista à TV Bahia, que Melina não se trata e que agressões são resultado de "proteção materna".

“As agressões são nítidas porque os vídeos estão aí. As agressões surgiram por proteção materna. É o primeiro item, proteção materna. Além das outras babás que passaram recentemente, que maltrataram também, isso inclusive já é objeto, talvez a mídia não saiba, de outros inquéritos denunciados pela Melina na 9ª delegacia, lá na Boca do Rio”, analisa.

Melina era patroa de Raiana Ribeiro, 25 anos, que, no dia 25 de agosto, pulou do terceiro andar do prédio onde Melina mora para se livrar das agressões. Depois que o caso se tornou público, outras dez babás denunciaram a empresária à polícia.

A Polícia Civil já cumpriu mandados no apartamento de Melina e segue com a invesigação do caso.