Quarta, 17 de Agosto de 2022
71 99208-9314
Política EITA!!

"Quem tem mania de desistir é o outro, que chega na hora e amarela", dispara João Roma contra ACM Neto

joão Roma é o primeiro candidato oficial ao governo do Estado da Bahia e negou que vai desistir da campanha

26/07/2022 11h29 Atualizada há 3 semanas
Por: Sérgio Di Salles
Joilson César
Joilson César

Ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL) fez uma ironia contra o pré-candidato e futuro adversário nas eleições para o governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil). João Roma deu entrevista à rádio Metrópole na manhã desta terça-feira (26).

João Roma lembrou, nas entrelinhas, de quando ACM Neto desistiu de se candidatar ao Governo da Bahia em 2018, quando estava na metade do seu segundo mandato como prefeito de Salvador, após ser questionado se ele desistiria da campanha para o Palácio de Ondina em 2022.

"Quem tem mania de desistir é o outro, que chega na hora e amarela", disparou João Roma contra ACM Neto.

João Roma já é, oficialmente, candidato ao governo da Bahia. Ele foi o primeiro a oficializar a candidatura ao realizar a convenção de seu partido, o Liberal.

Em maio, o Valor Econômico publicou uma reportagem afirmando sobre a possibilidade do presidente Jair Bolsonaroabrir mão da candidatura de João Roma na Bahia para conseguir o apoio de ACM Neto, atual líder nas pesquisas de intenção de voto, num eventual segundo turno contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Apesar de já ter sinalizado uma possível aproximação do ex-presidente Lula, Neto segue sem declarar apoio a um presidenciável. A atitude do ex-prefeito tem sido alvo de críticas do governador Rui Costa e seus aliados.

Roma, que já foi aliado de Neto, atualmente é seu opositor ferrenho e, inclusive, já acusou o ex-prefeito de Salvador de explorar com oportunismo o capital político-eleitoral do presidente Bolsonaro.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.