Sábado, 25 de Junho de 2022
71 99208-9314
Política Política

Bolsonaro elogia operação policial que deixou 22 mortos no Rio de Janeiro

'Parabéns aos guerreiros do Bope e da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que neutralizaram pelo menos 20 marginais', disse o presidente em pronunciamento nas redes sociais

25/05/2022 09h47
Por: Redação
Foto: Reprodução/G1
Foto: Reprodução/G1

Após o saldo de 22 mortes em uma operação policial na Vila Cruzeiro nesta terça-feira (24), na zona norte do Rio de Janeiro, o presidente Jair Bolsonaro (PL) elogiou a ação dos policiais, a quem chamou de ‘guerreiros’

“Parabéns aos guerreiros do Bope e da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que neutralizaram pelo menos 20 marginais ligados ao narcotráfico em confronto, após serem atacados a tiros durante operação contra líderes de facção criminosa”, disse Bolsonaro.

O presidente afirmou que a operação foi planejada durante vários meses. Ele disse que os agentes de segurança monitoravam os passos de chefes do tráfico de drogas com o objetivo de prendê-los fora da comunidade e que isso não foi possível devido ao ataque de uma facção criminosa, “fazendo-se necessário o uso da força para conter as ações”.

Segundo a Polícia Militar, a ação desta terça tinha o objetivo de prender em flagrante mais de 50 traficantes de vários estados que sairiam em comboio em direção à favela da Rocinha, na zona sul da cidade. O plano, porém, foi frustrado quando uma das equipes à paisana foi descoberta e atacada na entrada da comunidade, por volta das 4h.

“Para se ter ideia do grau de violência dos bandidos, parte dos alvos da operação foram responsáveis pelo assassinato de 13 agentes de segurança pública somente em 2022”, disse Bolsonaro.

A operação conjunta virou alvo de investigação nos Ministérios Públicos federal e do estado do Rio de Janeiro. O objetivo é apurar eventuais violações de direitos durante a ação da Polícia Militar, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal na comunidade da zona norte carioca.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.