Segunda, 20 de Setembro de 2021
71 99208-9314
Entretenimento Famosos

Escritora cobra indenização de R$ 100 mil de Amado Batista e editora

Aline Anjos de Souza processa o artista por danos morais e materiais e diz que teria recebido apenas R$ 191,94 pela venda dos livros

27/07/2021 09h26
Por: Redação
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

A escritora do livro “Amado Batista – O Contador de Histórias”, Aline Anjos de Souza está processando o cantor Amado Batista, a editora Horizonte e a livraria Saraiva. Ela pede indenização de R$ 100 mil por danos morais e materiais, pelos direitos da biografia do cantor. As informações são do portal UOL.

A ação foi aberta em 2015, quando Aline disse que teria recebido apenas R$ 191,94 pela venda dos livros. Quando contestou o valor, ela recebeu mais R$ 38,08. Depois disso, a escritora teria assinado um termo de distrato, mas a livraria Saraiva teria continuado vendendo os exemplares da obra.

No contrato com a editora Horizonte, em agosto de 2010, Aline concordou que receberia R$ 0,56 por livro vendido. Já Amado Batista receberia R$ 8,54, enquanto a editora ganharia R$ 2,15.

No último mês, a Justiça pediu a constatação do número de exemplares do livro que se encontram na posse de Batista. A defesa do artista afirma que as obras devolvidas a ele pela editora foram para armazenamento, e que isso não implica em direitos autorais.