Terça, 15 de Junho de 2021
71 99208-9314
Esportes Futebol

Com artilheiro Rossi, Bahia enfrenta Vila Nova pela terceira fase da Copa do Brasil

Rossi lidera artilharia da competição com quatro gols marcados; jogo ocorre nesta terça-feira (1), às 16h30 (de Brasília)

01/06/2021 09h46
Por: Redação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia enfrenta, nesta terça-feira (1), o Vila Nova, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, conhecido como OBA, em Goiânia, às 16h30, pela terceira rodada da Copa do Brasil. O encontro entre o Tricolor de Aço e o Tigrão marca o início dos jogos de ida e volta na competição nacional. Dessa maneira, o time que avança para a próxima fase será definido em solo baiano. O jogo de volta é na próxima quarta-feira (9), em Pituaçu, às 19h.

O Esquadrão teve um início arrasador na Copa do Brasil. Nos dois primeiros jogos, contra Campinense e Manaus, o Bahia marcou 11 gols e sofreu apenas 2. Inclusive, o atacante Rossi é o artilheiro da competição com 4 gols marcados. O goleiro Matheus Teixeira voltou a treinar normalmente, mas a tendência é que seu xará Matheus Claus seja mantido na meta tricolor. Do lado do adversário, o Vila Nova terá um desfalque importante para a partida. O zagueiro e capitão do time, Rafael Donato, ex-Bahia, sofreu uma fratura no rosto na partida contra o Botafogo e ficará afastado dos campos por tempo indeterminado.

O Bahia vai para o confronto após grande triunfo sobre o Santos. Na estreia do Campeonato Brasileiro, o Esquadrão derrotou o Peixe por 3 a 0, em Pituaçu. Já o Vila Nova, que esse ano disputa a segunda divisão do Campeonato Brasileiro após ser campeão da Série C, empatou com o Botafogo em 1 a 1.

 

Ficha técnica:
Bahia x Santos, 3ª rodada da Copa do Brasil;
Onde: Serra Dourada, Goiânia;
Quando: terça-feira, 1 de junho, às 16h30 (de Brasília);
Provável time do Bahia: Mateus Claus, Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Daniel e Thaciano; Rodriguinho, Rossi e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti;
Provável time do Vila Nova: Georgemy; Pedro Bambú, Donato, Walisson e Willian Formiga; Dudu Pacheco, Deivid e Arthur; Pedro Júnior, Henan, Kelvin. Técnico: Wagner Lopes;
Arbitragem: Jean Pierre Goncalves Lima, auxiliado por Lucio Beiersdorf Flor e Andre da Silva Bitencourt.