Quinta, 18 de Julho de 2024
Bahia Bahia

Universidade precisa sanar problemas antes de expansão anunciada por Lula, diz reitor da Ufba

Presidente anunciou a construção de novo campus no estado sem consultar as universidades locais

12/06/2024 10h43
Por: Redação
Universidade precisa sanar problemas antes de expansão anunciada por Lula, diz reitor da Ufba

O reitor da Ufba (Universidade Federal da Bahia), Paulo Miguez, disse ao jornal Folha de S. Paulo que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou um novo campus sem ter consultado a instituição.

Segundo ele, antes construir o equipamento, a universidade precisa sanar os problemas de infraestrutura com os quais convive antes de passar por um processo de expansão.

Em meio à pressão para conceder reajuste salarial aos servidores e recompor o orçamento das universidades federais, o presidente Lula e o ministro da Educação, Camilo Santana, anunciaram, na segunda-feira (10), um PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para as universidades federais com a previsão de construção de dez novos campi para as instituições.

Entidades de reitores, professores e estudantes criticaram o anúncio. Apesar de concordarem que o país precisa expandir o número de vagas no ensino superior público, elas defendem que o governo federal não tem repassado recurso suficiente para o funcionamento com qualidade das instituições existentes.

“Certamente a Bahia precisa de mais universidades federais, temos apenas quatro instituições no estado, mas todas elas enfrentam uma situação difícil. Todas estão com problemas de finalização, tanto de obras quanto para o corpo técnico. É preciso cuidar dessas questões antes de expandir”, disse o reitor.

“Cabe-nos registrar que a UFBA não foi consultada sobre o tema. Sobre o assunto, a posição da UFBA ainda reflete o pensamento das quatro universidades federais baianas, expresso em ofício […] encaminhado à Câmara dos Deputados”, diz nota divulgada pela reitoria da universidade nesta terça-feira (11).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.