Quarta, 17 de Abril de 2024
Internacional Mundo

Chanceler de Israel volta a cobrar de Lula pedido de desculpas

Nesta terça-feira (20), o ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, classificou a comparação feita pelo petista de "promíscua e delirante"

20/02/2024 20h08
Por: Redação
Chanceler de Israel volta a cobrar de Lula pedido de desculpas

Nesta terça-feira (20), em uma publicação nas redes sociais em português, o ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, voltou a cobrar um pedido de desculpas de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), após Lula comparar as ações militares de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto.

Israel Katz, classificou a comparação feita por Lula de "promíscua e delirante", "um cuspe no rosto dos judeus brasileiros" e reafirmou que Lula "continuará sendo persona non grata em Israel" até que se desculpe. 

"Presidente do Brasil @LulaOficial, milhões de judeus em todo o mundo estão à espera do seu pedido de desculpas. Como ousa comparar Israel a Hitler? É necessário lembrar ao senhor o que Hitler fez? Levou milhões de pessoas para guetos, roubou suas propriedades, as usou como trabalhadores forçados e depois, com brutalidade sem fim, começou a assassiná-las sistematicamente. Primeiro com tiros, depois com gás. Uma indústria de extermínio de judeus, de forma ordeira e cruel", diz um trecho da mensagem.

"Que vergonha. Sua comparação é promíscua, delirante. Vergonha para o Brasil e um cuspe no rosto dos judeus brasileiros. Ainda não é tarde para aprender História e pedir desculpas. Até então - continuará sendo persona non grata em Israel!", concluiu Katz. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.