Terça, 21 de Maio de 2024
Geral Feira de Santana

Empreendedorismo Feminino: especialista dá dicas financeiras para organização dos negócios

Pesquisa aponta que 41% das empreendedoras ainda não têm renda suficiente para pagar as despesas do negócio.

21/11/2022 16h00
Por: Redação
Divulgação
Divulgação

Um estudo publicado recentemente traça o perfil da mulher empreendedora no Brasil. Realizada pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), com apoio da Rede Mulher Empreendedora e Meta, e execução do Instituto Locomotiva, a pesquisa revela um contexto repleto de dificuldades e entraves que as mulheres enfrentam na jornada empreendedora.

De acordo com a pesquisa, ainda que elas optem pelo empreendedorismo para aumentar as suas rendas, nem sempre seus negócios geram lucros e muitas não conseguem fechar a conta no final do mês. 41% das empreendedoras ainda não têm renda suficiente para pagar as despesas do negócio. Já 35% dizem conseguir pagá-las, mas apenas 11% têm a possibilidade de poupar.

Isso mostra a necessidade da busca por cursos de qualificação e do apoio de entidades no auxílio a essas mulheres. No mês em que se comemora o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, a especialista em finanças e professora da Estácio Feira de Santana, Jusileide Costa afirma que para fazer uma boa gestão e organizar as finanças da empresa é preciso planejamento prévio, ter atenção aos custos e despesas para que elas não superem as receitas, além de ter fluxo de caixa eficiente.

“Para empreender é preciso conhecer os primeiros passos para se organizar financeiramente em termos de empresa. Para isso, é preciso manter separadas as contas pessoais das contas da empresa, não pode misturar para que se tenha clareza de quanto o negócio está rendendo, de qual lucratividade está gerando. É preciso saber sobre os prazos de pagamento, conhecer as relações com os fornecedores e verificar se os parcelamentos valem a pena ou tem juros altos, diminuindo minha margem de lucro”, afirmou.

Ela lembra também que na hora de fazer investimentos no negócio é preciso planejamento e cautela, realizando orçamentos para saber se é o momento certo de fazer novas aquisições ou inovações. Caso a pessoa esteja inadimplente, também é importante se planejar para colocar as contas em dia e sair do vermelho.

“É preciso reconhecer essa situação e negociar os débitos, diminuindo as despesas e assim quitar as dívidas e se equilibrar financeiramente para fazer os pagamentos dentro do período estipulado. Outra dica importante sobre as finanças nas empresas é estar atento à gestão tributária para não pagar impostos de forma desnecessária”, orientou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.