Quarta, 17 de Agosto de 2022
71 99208-9314
Educação Bahia

Professores das universidades estaduais anunciam agenda de manifestação para as próximas semanas

Sindicato prevê paralisação de um dia para semana entre os dias 31 de maio e 02 de junho

23/05/2022 09h24
Por: Redação
Foto: Carol Garcia / GOV BA
Foto: Carol Garcia / GOV BA

O Sindicato dos Professores da Universidade Estadual da Bahia (Aduneb) anunciou que dará início a uma programação de protestos para as duas próximas semanas. A mobilização vai começar na próxima terça-feira (24), com um protesto no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Fazem parte das atividades de manifestações também as demais seções sindicais das universidades estaduais da Bahia

Segundo a Aduneb, na manifestação de terça-feira (24) não haverá a interrupção das atividades acadêmicas. Serão realizadas aulas públicas no CAB, com  exposição de painéis  e de livros publicados por docentes e apresentações culturais. Já na semana entre os dias 31 de maio e 02 de junho, ocorrerá uma paralisação geral de um dia. A data ainda será definida. 

A mobilização faz parte da agenda nacional da Semana de Lutas das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior (IEES/IMES). A Aduneb justifica a intensificação dos projetos pela política do governo estadual de desvalorização das universidades públicas baianas e da carreira de professoras e professores dessas instituições.
 
“Após sete anos sem aumento salarial e com uma inflação que corroeu cerca de 50% do valor de compra das remunerações, o reajuste dos proventos do funcionalismo público, aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia para o ano de 2022, foi de percentual muito abaixo da inflação de 2021. Além disso, os direitos docentes, a exemplo de promoções, progressões, alterações de regime de trabalho e adicional de insalubridade têm sido constantemente violados”, diz o sindicato através da nota sobre o anúncio das manifestações.
 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.