Terça, 18 de Janeiro de 2022
71 99208-9314
Saúde Covid-19

"Hospital de Campanha não será utilizado como hospital municipal", diz secretário de Saúde de Feira de Santana

O Hospital de Campanha de Feira de Santana encerrou as atividades em 30 de setembro, diante da redução de pacientes hospitalizados em decorrência do efeito positivo da vacinação contra a Covid-19.

26/10/2021 18h47
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em entrevista ao programa Altos Papos, nesta terça-feira, 23, secretário municipal de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Britto, descartou a possibilidade de implantação de um hospital municipal no prédio onde funcionou o hospital de campanha. 

Segundo o secrtetário, a estrutura e localização são fatores que invibilizam a proposta. "Especificamente o hospital de campanha não será utilizado como hospital municipal. É um  hospital que já tem algum tempo de idade, não está dentro das novas normas de construção hospitalar. E na nossa modesta opinião, a localziação dele dentro do anel rodoviário não é uma boa localização. hoje o conceito de unidades importantes é fora da área urbana, numa área tranquila, numa area que se deseje inclusive um vetor de crescimento da cidade. Ele [prefeito Colbert Martins Filho] já me determinou que faça uma avaliação em termos de lugar, custo e  esse estudo já está sendo conduzido", explicou.

A ideia de utilizar a estrutura física do Hospital de Campanha foi uma das propostas de campanha apresentadas pelo prefeito Colbert Martins (MDB) durante propaganda eleitoral no dia 25 de novembro de 2020. 

O Hospital de Campanha de Feira de Santana encerrou as atividades em 30 de setembro, diante da redução de pacientes hospitalizados em decorrência do efeito positivo da vacinação contra a Covid-19.

A unidade hospitalar foi inaugurada no dia 4 de junho do ano passado e atendeu 1.566 pessoas – deste quantitativo, 1.255 receberam alta e 263 óbitos foram registrados.