Quinta, 28 de Outubro de 2021
71 99208-9314
Covid-19 Covid-19

OMS afirma necessidade de terceira dose para Coronavac

Além da Coronavac, vacina da Sinopharm também precisa de terceira dose

12/10/2021 09h21
Por: Redação
Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

As vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas pelos laboratórios chineses Sinovac e Sinopharm precisam ser administradas em três doses, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) na última segunda-feira (11). Ambas as vacinas são baseadas em vírus inativados. A Coronavac foi desenvolvida pela Sinovac.

A terceira dose para quem foi imunizado com a Coronavac já vem sendo administrada no Brasil, sendo os idosos a prioridade, assim como é recomendado pela OMS. Em Salvador, trabalhadores de saúde também já foram incluidos na administração da terceira dose.

Alejandro Cravioto, presidente do Grupo Assessor Estratégico de Especialistas da OMS, validou o uso das vacinas da Pfizer, Moderna, Janssen ou AstraZeneca como dose de reforço para quem recebeu vacinas da Sinovac e Sinopharm.